Livro 5/2016 Dois irmãos

DSC_0526

Dois Irmãos

Milton Hatoum

Editora Companhia  das Letras 

Coleção Companhia de bolso

198 págs.

DSC_0528

 Resumo – Tendo como pano de fundo a cidade de   Manaus  do início do século XX ao período militar,  o romance gira em torno da relação dos irmãos gêmeos Yaqub e Omar, com a família de origem libanesa. O patriarca  Halim,  veio do Líbano muito jovem  para tentar a vida no Brasil.  Casou- se com  Zana, e além dos gêmeos, teve uma filha,   Rânia. Integram a complicada dinâmica familiar  a “empregada – filha de criação” Domingas e seu  filho.  A dinâmica familiar  envolve   relações intensas de amor, ódio, inveja e vingança.

“Depois a vida foi dando voltas, foi me cercando, me acuando… A vida vai andando em linha reta, de repente dá uma cambalhota, a linha dá um nó sem ponta” (pag. 133)

DSC_0530

 

“Ninguém se liberta só com palavras. Ela ficou aqui em casa, sonhando com uma liberdade sempre adiada. Um dia,  eu lhe disse: Ao diabo com os sonhos: ou a gente age , ou a morte de repente nos cutuca, e não há sonho na morte. ” (pag.50)

Já tinha visto resenhas super positivas  e  o livro estava na minha lista de leituras, mas confesso que quando o encontrei no sebo, o  pequeno tamanho me chamou atenção… Como  um livrinho tão fininho tem tanto para contar?  Realmente, é um livro que surpreende,  pequeno sim,  mas que se revela Gigante  ao longo de menos de 200 páginas.

É um mergulho na cultura manauara – suas particularidades, seus aromas, seus sabores. O leitor é realmente transportado para o Amazonas, com  sua riqueza  pouco conhecida pela maioria.

A princípio, parece  uma história muito simples mas, que ganha profundidade com os tipos criados pelo autor.  Uma família totalmente disfuncional e  irmãos gêmeos que vivem entre amor X ódio. Ao contrário de outras histórias , Hatoum não elegeu um “irmão bom” e um “irmão mau”, e  está aí, a grande riqueza da narrativa – são personagens muito humanos, com qualidades e fraquezas; ora acertando , ora errando. Os comportamentos “certos” e “errados” têm relação com as histórias de vida de cada um  e com a forma de se relacionar com os membros da família. Tem assunto para horas de terapia de grupo…

Adorei o estilo do autor com sua  riqueza de vocabulário   repleto de expressões regionais,  o cuidado com  os detalhes da  ambientação,  e sobretudo  a genialidade nas  descrições dos personagens.

…Halim: um despreocupado: qualquer açúcar, grosso ou fino, adoçava o seu café (pag.112)

A descrição dos personagens foi o ponto alto para mim, uma melhor que a outra e nem um pouco  previsíveis.

 

DSC_0531

 

 

DSC_0532

Indico a leitura principalmente para leitores interessados em dramas humanos e familiares.  E também para os  apreciadores de uma linguagem bem  regional,  um forma de conhecer um lado desse Brasil tão rico.

O livro surpreendeu positivamente e de tão genial e bem escrito me lembrou Machado. O único problema é que agora quero ler tudo já publicado por esse grande autor brasileiro.

DSC_0533

Leiam e tirem suas próprias conclusões. Vale a pena dar uma chance aos autores nacionais.

Anúncios

4 comentários sobre “Livro 5/2016 Dois irmãos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s