Roteiro Literário – Biblioteca Nacional do Chile Parte 1

DSC_0822

Em setembro eu tive oportunidade  de conhecer a Biblioteca Nacional do Chile e foi incrível. Passeio imperdível para amantes de livros.

BNC

A Biblioteca Nacional do Chile foi fundada em 19 de agosto de 1813 e é uma das mais antigas da América do Sul.  E desde de 1925 ocupa esse lindo prédio bem no centro da capital Santiago.  Além de abrigar o patrimônio bibliográfico do Chile,  a instituição realiza uma série de eventos e exposições. O prédio abriga várias salas de leitura, uma pequena cafeteria e uma moderna sala de exposições.

DSC_0833

A maior parte do acervo da instituição não é acessível ao público, e os leitores têm  acesso ao acervo completo somente na forma digital. E mesmo  não sendo uma biblioteca com dezenas  de prateleiras recheadas de livros, vale muito a pena a visita.

São oferecidas  dois tipos de visitas guiadas: para estudantes ( mais simplificadas) e  visita mais técnica para interessados no assunto. As visitas  devem ser agendadas previamente por email. Todas as informações podem ser encontradas no site  

DSC_0831

Na data em que eu estava na cidade só havia vaga na visita de estudantes e, infelizmente foi uma visita mais superficial.

Perguntei no balcão de informações sobre a visita, a atendente não pediu meus dados nem a confirmação da inscrição para a visita ( obtido através do email). Simplesmente me juntei ao grupo de estudantes, ainda esbaforida depois da corrida para chegar a tempo.  Acabei chegando um pouco atrasada e já “peguei o bonde andando”, mas pelo que percebi não perdi muita coisa.

DSC_0830

A nossa guia era bem simpática, contou muitas histórias e fez piadas, porém seu tom de voz era baixo e o grupo de adolescentes era bem barulhento. O grupo era grande e o “pessoal do fundão” não  deixava ouvir claramente tudo que era dito. Sem contar que era uma visita para estudantes chilenos,  ou seja, linguagem com  ritmo rápido e cheio de expressões e gírias. O que eu não consegui entender durante a visita, acabei compreendendo melhor  pesquisando no site depois.

DSC_0817

No andar térreo está esse prensa, réplica das antigas prensas utilizadas na época da fundação da biblioteca.

DSC_0821

DSC_0824

Essa sala, também no térreo, possui computadores modernos e acesso a internet.

DSC_0791

Arquitetura belíssima e muito bem conservada. O térreo parece um labirinto, é uma sala saindo em outra, e mais outra,  e passa pelo café, e sai nas salas de exposição…. É bem confuso! Um mapinha do espaço com   a descrição das salas e outras informações básicas, facilitaria bastante a visita.

DSC_0818

Com a visita guiada fomos ao subsolo,  Sala Camilo Henriquez –  setor responsável pelos jornais e periódicos chilenos.

DSC_0826

DSC_0828

Uma sala bem ampla e clara, espaço perfeito para estudo e pesquisa. Atravessamos a sala enorme e adentramos no universo dos  periódicos e jornais chilenos. Um verdadeiro labirinto de estantes que armazenam todas as publicações  do país desde a criação da biblioteca.

DSC_0749

DSC_0751

Os exemplares mais recentes estavam armazenados em pilhas e os mais antigos estavam encadernados e devidamente catalogados.

DSC_0752

São tantos exemplares que esse labirinto de estantes dá a volta em todo o prédio da biblioteca. Foi incrível percorrer esses corredores cheio de história, e  com um certo cheiro de mofo no ar. Os leitores alérgicos  certamente terão problemas…

DSC_0754

A próxima parada foi a sala de Acervo Musical – nessas estantes estão catalogadas as produções musicais chilenas.

DSC_0753

Eu tentava ser  a primeira a entrar ou a última a sair, para poder conseguir as melhores fotos, livres de intrusos.

DSC_0755

Depois seguimos para a sala dos livros destinados a empréstimos – são mais de 25.000 títulos e 70.000 exemplares a disposição. É uma sala bem simples, diferente daquelas salas maravilhosas que vemos em fotos.Além de esperar  algo mais grandioso, com centenas de estantes, também senti falta de um espaço dedicado aos pequenos  leitores.  Os empréstimos são liberados para maiores de 14 anos.

DSC_0819

Depois de encerrada a visita guiada, os adolescente foram correndo embora e eu continuei explorando o prédio. Essa sala  linda fica no térreo, não era uma sala de leitura, tinha duas bibliotecárias trabalhando e fotografei da porta, através do vidro.

DSC_0825

Essa sala sim é de encher os olhos e fazer suspirar…

DSC_0785

No fim do corredor a sala da coordenação da Biblioteca.

DSC_0786

DSC_0787

Mais uma sala a disposição dos leitores. Eu poderia ficar horas lendo nessa poltrona super confortável.

O melhor da visita vai ficar para o segundo post,  uma  sala de leitura  que é  o verdadeiro sonho de qualquer bom bibliófilo. Aguardem!

Anúncios

4 comentários sobre “Roteiro Literário – Biblioteca Nacional do Chile Parte 1

  1. Que máximo conhecer bibliotecas né amiga? Eu achei essa tãoooo séria!!! Mas como você citou, a gente já está tão acostumada a procurar os lugares para os pequenos, sempre coloridos e enfeitados, que sentimos falta…rs. Curiosa para a segunda parte!!
    Beijos e ótima semana!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s